Foto: Rede Regional

Uma viatura pesada de mercadorias caiu na passada quinta-feira à noite, 25 de novembro, de uma altura de mais de 20 metros, na Ponte D. Luís, próximo da Tapada (Almeirim), provocando ferimentos muito graves no condutor, que, apesar de todo o aparato, sobreviveu à queda.

O camião, que transportava frutas e legumes e vinha do mercado grossista de Santarém, caiu após se ter despistado e colidido com dois ligeiros de passageiros, tendo um dos condutores dessas viaturas sofrido ferimentos ligeiros e sido assistido no local. Um dos ligeiros ficou próximo de cair, tendo ficado encostada às grades de proteção da ponte.

O condutor do camião, que seguia no sentido Santarém – Almeirim e caiu de rodas para o ar, é um empresário agrícola, de 75 anos, proprietário de uma empresa hortofrutícola da Tapada.

A apesar da gravidade dos ferimentos, o homem esteve sempre consciente e, após ser estabilizado no local durante mais de uma hora e meia, foi transportado ao Hospital de São José, em Lisboa, cerca das 23h10.

O aparato do acidente levou a que vários moradores da Tapada, incluindo alguns familiares do condutor do camião, se dirigissem ao local onde o veículo caiu, numa zona de plantação de milho já colhido.

O alerta foi dado às 21h35, tendo sido enviados para o teatro de operações 25 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Almeirim e Sapadores de Santarém, assim como da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de Santarém e da GNR, apoiados por 10 viaturas.

O trânsito esteve cortado na Ponte D. Luís durante algum tempo para assistência aos feridos e limpeza da via mas já foi reaberto.

A GNR tomou conta da ocorrência e está a tentar apurar as causas do acidente.

Este é o segundo acidente com bastante gravidade na localidade da Tapada em menos de uma semana. No domingo, 21 de setembro, dois jovens, de 13 e 15 anos, ficaram feridos em estado crítico na sequência de um acidente na EN 114, a menos de um quilómetro do local.